PSD acusa Governo de esbanjar dinheiro com o RSI


 

Lusa/AOonline   Regional   18 de Out de 2007, 14:51

O líder do PSD/Açores acusou hoje o Governo Regional de ter gasto cerca de 220 mil euros para comemorar o décimo aniversário do Rendimento Social de Inserção (RSI), o que considerou um "escândalo".

 Em conferência de imprensa, Costa Neves disse que "estes 220 mil euros gastos dão para pagar quase mil prestações de RSI durante um mês, para construir duas creches ou três casas", frisando que o número de beneficiários daquele apoio social "aumentou 10,8 por cento nos últimos dois anos e meio".

    "Esbanja-se esse dinheiro a troco de duas notícias, um minuto de televisão e um momento vão para comemorar 10 anos de RSI", criticou o líder regional do Partido Social Democrata (PSD), para quem esta é "a prova acabada da incapacidade" do Governo Regional dos Açores.

    Para Costa Neves, o que se deveria comemorar era "a diminuição de pessoas que recebem RSI, o que não acontece" no arquipélago, que é a região do país "com a maior taxa de beneficiários".

    Citando estatísticas da Segurança Social, entre Março de 2005 e Setembro de 2007, disse que os Açores passaram de 15.964 para 17.696 beneficiários, o que corresponde a 7,3 por cento da população.

    Estes dados mostram que existe uma "notória falta de políticas" nesta área por parte do Executivo açoriano, apontou Costa Neves.

    O líder do PSD/Açores assegurou que com um Governo Regional social-democrata os beneficiários do RSI "vão passar a ter a obrigação de prestar serviço à comunidade como uma contra-prestação cívica por aquilo que a sociedade lhes concede".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.