Transportes marítimos

PSD/A pede auditoria ao transporte marítimo de passageiros

PSD/A pede auditoria ao transporte marítimo de passageiros

 

Lusa/AOonline   Regional   5 de Nov de 2008, 14:58

O PSD/Açores pediu uma auditoria do Tribunal de Contas ao sistema de transporte marítimo de passageiros entre as ilhas, alegando que já foram "delapidados 75 milhões de euros do erário público" neste sector.
"Já se torraram 50 milhões de euros com navios velhos. E agora vai-se gastar mais 25 milhões com um navio que não se aguenta bem em pé. A culpa não pode, mais uma vez, morrer solteira e o Governo Regional e Carlos César têm de dar explicações aos açorianos", afirmou Jorge Macedo, porta-voz do partido para a área dos Transportes, em conferência de imprensa.

    O Governo açoriano encomendou aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo dois navios para o transporte de passageiros e viaturas entre as ilhas, mas notícias recentes indicam que a construção de uma das embarcações está atrasada, alegadamente devido a problemas no projecto inicial.

    O dirigente do PSD/Açores defendeu que, por isso, o Governo Regional "tem de prestar explicações aos açorianos sobre os problemas de estabilidade" do novo navio de transporte de passageiros da Atlânticoline (sociedade de capitais), que está em construção.

    No seu entender, os problemas com o "Atlântida", conhecidos esta semana, são mais uma prova de "incompetência e negligência" do Governo socialista neste processo.

    "É muito importante que os poderes fiscalizadores da boa aplicação dos dinheiros públicos possam desvendar como é que se delapidam 75 milhões de euros do erário público", apontou Jorge Macedo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.