PS e PSD conseguem entendimento na reforma do IRC


 

Lusa/AO online   Economia   18 de Dez de 2013, 17:32

O PS e o PSD chegaram esta quarta-feira a um entendimento sobre a proposta de lei de reforma do IRC, segundo fonte da bancada parlamentar do PS, criando um escalão reduzido de IRC para empresas com lucros mais baixos.

“Há um entendimento largo. O Governo aproximou-se largamente da nossa posição”, disse à Lusa com fonte oficial da bancada parlamentar do PS.

Um dos pontos em que há acordo entre os dois partidos é na criação de uma taxa reduzida de Imposto sobre o Rendimento de pessoas Coletivas (IRC) para as empresas com lucros mais baixos.

Segundo as propostas apresentadas hoje pela maioria parlamentar que apoia o Governo é criada uma taxa de IRC de 17% para as empresas com lucros até 15 mil euros. Ao mesmo tempo é criada uma nova taxa de derrama estadual de 7% para as empresas com lucros acima de 35 milhões de euros.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.