Transportes

Presidente da Atlânticoline rejeita possibilidade de adquirir Atlântida

Presidente da Atlânticoline rejeita possibilidade de adquirir Atlântida

 

Lusa/AO online   Regional   6 de Set de 2011, 18:14

O presidente da Atlânticoline, Carlos Reis, rejeitou liminarmente qualquer possibilidade de a empresa, que gere o transporte marítimo de passageiros entre as ilhas dos Açores, vir a adquirir o ‘ferry’ Atlântida, que rejeitou em 2009.
“Entendemos a questão do interesse nacional e da importância de se vender o navio, só não percebemos o envolvimento da Atlânticoline”, afirmou Carlos Reis.

O presidente da empresa pública açoriana comentava declarações do presidente da Câmara de Viana do Castelo, segundo as quais seria do “interesse nacional” a venda daquele navio aos Açores.

Na resposta, Carlos Reis frisou que “desde 2009 que o navio não diz respeito à Atlânticoline”, recordando que “o processo ficou encerrado com um acordo entre todas as partes”.

“O envolvimento da Atlânticoline nesta solução não faz sentido, não percebemos porque se volta a falar disso”, frisou.

Carlos Reis salientou que as autoridades açorianas “sabiam o que queriam quando encomendaram o navio e a velocidade era uma questão fundamental”. Como esse requisito não foi cumprido, “o navio não permitia cumprir as rotas e os horários que foram definidos”.


  

   
   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.