Açoriano Oriental
Covid-19
Poucos clientes e lojistas em adaptação em dia de reabertura em Ponta Delgada

Uma manhã chuvosa acolheu os comerciantes de Ponta Delgada, que puderam esta sexta-feira reabrir as lojas. Com muitos espaços ainda fechados e poucos clientes, os lojistas procuraram adaptar-se para retomar o negócio em tempos de pandemia da Covid-19.


Autor: Lusa/AO Online

Depois de dois meses encerrados, os estabelecimentos comerciais voltaram a ter permissão para abrir, mas a chuva intermitente, aliada ao "medo" da Covid-19, fizeram com que os comerciantes se queixassem da falta de clientes durante a manhã.

Em todas as lojas, os funcionários apresentavam-se de máscara ou viseira e disponibilizavam gel desinfetante aos clientes.

Os estabelecimentos mais frequentados são os de serviços e bens essenciais, onde duas, três pessoas - no máximo - aguardam a vez, cá fora, devido à limitação de pessoas no interior dos espaços.

Quem também voltou à atividade foi o Parque Atlântico que apresentou-se com algumas lojas ainda encerradas, mas com bastante gente quando comparado com as últimas semanas.

No espaço comercial com 90 lojas, foram disponibilizados desinfetantes pelo espaço e criadas marcas no chão para facilitar a circulação das pessoas. No parque de estacionamento do centro, uma placa resume os dias que correm: "damos as boas-vindas ao novo normal".

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.