Portugueses conhecem hoje dados sobre as suas poupanças

Portugueses conhecem hoje dados sobre as suas poupanças

 

Lusa/AO Online   Nacional   13 de Dez de 2011, 06:12

A Associação Portuguesa de Seguradores (APS) apresenta hoje o estudo "Poupança em Portugal" numa conferência a decorrer na Universidade do Minho, em Braga.

A abertura da conferência, pelas 09:45, estará a cargo do presidente da APS, Pedro Seixas Vale, e contará ainda com os ex-ministros Daniel Bessa e Miguel Cadilhe.

O evento tem como objetivo apresentar e debater o estudo "Poupança em Portugal", realizado pela Universidade do Minho para a APS, ainda que algumas das principais conclusões já tenham sido dadas a conhecer em meados de novembro, em Lisboa.

Segundo o estudo, as políticas "erráticas" seguidas pelos Governos ao longo dos últimos anos "não favoreceram a poupança dos indivíduos" e dá o exemplo das "situações vividas com as alterações constantes de regras, como as do certificados de aforro".

Com vista a estimular a poupança, o estudo apresenta propostas como a mudança da segurança social "de um sistema de repartição para um sistema de capitalização e a criação de um Plano Poupança Emprego".

Para os autores do estudo, independentemente do esforço das famílias, "aumentar a poupança pública será a forma mais eficaz de o Estado promover a poupança", já que "um Estado que é visto como dissipador terá grandes dificuldades em levar a bom porto iniciativas de promoção da poupança e da redução do endividamento".

A investigação que refere que 20 por cento das famílias portuguesas com maior rendimento representam 90 por cento da poupança em Portugal, acrescenta ainda que no futuro próximo as reformas de muitos portugueses passarão a representar apenas 60 por cento do seu salário.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.