Ministério Público

PGR nega pedido de demissão de directora do DCIAP


 

Lusa/AO online   Nacional   16 de Set de 2010, 18:35

O Procurador-Geral da República (PGR), Pinto Monteiro, garantiu esta quinta-feira que não recebeu qualquer pedido de demissão da directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), Cândida Almeida.
“A única coisa que posso dizer é que a notícia da demissão [de Cândida Almeida] é completamente falsa”, disse Pinto Monteiro aos jornalistas à saída da sessão solene de abertura dos cursos de formação de magistrados, no Centro de Estudos Judiciários, em Lisboa.

Contudo, quando questionado sobre se a procuradora geral adjunta Cândida Almeida tinha colocado o lugar à disposição, o procurador manteve-se em silêncio.

Sobre uma próxima reunião entre ambos, o Procurador-Geral da República disse não saber quando vai receber a directora do DCIAP, órgão do Ministério Público que investigou o caso Freeport.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.