Peres encerra época com vitória na Ribeira Grande

Peres encerra época com vitória na Ribeira Grande

 

Arthur Melo   Motores   17 de Nov de 2007, 18:47

O tri-campeão de ralis dos Açores encerrou a temporada 2007 com nova vitória à geral, triunfando confortavelmente no Rallye da Ribeira Grande, prova do Grupo Desportivo Comercial

Fernando Peres - Costa Martins, em Mitsubishi Lancer EVO IX, dominaram a última prova do Campeonato de Ralis dos Açores, o Rallye da Ribeira Grande.

Com a revalidação do título já alcançada no decorrer do Rallye Lagoa, o piloto continental cumpria calendário na derradeira prova mas, mesmo assim, não deixou os seus créditos por mãos alheias, vencendo com uma larga vantagem sobre o segundo classificado.

Quem deixou de fora foi José Pedro Silva, o seu habitual navegador, tendo feito equipa com o patrão do "Team Além Mar, que de pronto aceitou o desafio e contribuiu para nova irrepreensível prova feita pelo piloto nortenho.

Peres dominou o rali do primeiro ao último quilómetro, foi o mais rápido nos sete troços que compunham a prova e, algumas provas especiais, chegou mesmo a bater os seus próprios recordes.

No segundo posto, a distantes 56,9 segundos, classificou-se Ricardo Moura - Sancho Eiró, em Mitsubishi Lancer EVO VIII. A jovem dupla do "Team Além Mar", com este resultado, conseguiu o terceiro lugar final do campeonato, posição para a qual lutava com Fernando Casanova - Ricardo Melo (Subaru Impreza Spec C N12), que apenas foi quinto classificado.

Ricardo Moura foi sempre segundo ao longo de toda a prova e apenas sentiu alguma pressão do vice-campeão Luís Rego - Pedro Rodrigues (Mitsubishi Lancer EVO VIII MR) no decorrer da primeira secção, já que nas últimas três classificativas dilatou a vantagem e relegou definitivamente Rego para o terceiro lugar final.

Realce para o bom regresso de Paulo Pereira. O piloto da Vila da Lagoa, que fez equipa com Bruno PImentel, em Mitsubishi Lancer EVO VIII, terminou no quarto posto, conseguindo um resultado que lhe pode abrir boas perspectivas para 2008 onde tem duas hipóteses em aberto nesta altura: avançar para um Mitsubishi Lancer EVO IX ou um Skoda a diesel.

Sérgio Silva - Pedro Castro, em Peugeot 206 GTI (sétimos da geral), conseguiram finalmente terminar um rali, aliando também a vitória entre os concorrentes na Fórmula 3, devido aos prematuros abandonos de Carlos Costa (Campeão Regional) e Pedro Vale, ambos por avaria mecânica e na mesma especial: PE 2 Marques-1.

Já na Fórmula 2, a vitória sorriu a Gilberto Ferreira - Manuel Lemos (oitavos da geral), em Toyota Corolla T-Sport, um prémio para esta dupla micaelense que há muito procurava um bom resultado para amenizar uma temporada com alguns azares.

Finalmente, e no que diz respeito ao Campeonato Regional de Ralis dos Açores - VSH, o insólito aconteceu no decorrer do Rallye da Ribeira Grande, também ela a última prova pontuável.

Mário Garcia, Bruno Tavares e Bruno Amaral eram os candidatos e uma série de conjugações poderiam ditar, entre os três, o campeão. O piloto da Ilha Terceira partia em vantagem mas cedo ficou pelo caminho. Deste modo, Bruno Tavares ficou com a porta aberta para a conquista do título mas o azar bateu-lhe à porta, acabando por desistir.

A Bruno Amaral bastava-lhe terminar a prova e, talvez de forma surpreendente, sagrar-se campeão mas, após completar a última especial do dia, acabaria também ele por desistir.

Resultado: face às desistências dos três, as contas do Campeonato regressaram à forma original,  tendo Mário Garcia revalidado o título de campeão!

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.