Pena de seis anos e seis meses de prisão por violar menor na Povoação

Pena de seis anos e seis meses de prisão por violar menor na Povoação

 

Luís Pedro Silva   Regional   14 de Dez de 2018, 08:57

O tribunal de Ponta Delgada condenou Marco de Sousa Caneira, empresário ligado ao agenciamento de músicos e filho da cantora Ágata, a uma pena de seis anos e seis meses de prisão pela autoria do crime de violação agravada.

O crime foi praticado na noite de 18 de setembro de 2016, no interior de um gabinete da junta de freguesia de Nossa Senhora dos Remédios, na Povoação, no final de uma festa popular. 


Leia mais na edição desta sexta-feira, 14 dezembro 2018, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.