Saúde

PCP reclama barco ambulância para a ilha do Pico

PCP reclama barco ambulância para a ilha do Pico

 

Lusa/AO online   Regional   11 de Dez de 2010, 18:13

O deputado regional do PCP, Aníbal Pires, insistiu hoje na necessidade de um barco ambulância para o Pico, nos Açores, destinado "exclusivamente" ao transporte de doentes daquela ilha, considerando "inadmissíveis" as condições atuais do serviço.

“São totalmente inadmissíveis as condições em que os doentes são transportados a bordo das embarcações da Transmaçor. O PCP/Açores propôs no parlamento e irá continuar a lutar pela aquisição de um barco ambulância adequado, exclusivamente dedicado ao transporte de doentes, em condições de dignidade e segurança”, afirmou Aníbal Pires, numa conferencia de imprensa para balanço de uma visita de três dias à ilha do Pico.  Na área da saúde, o deputado do PCP/Açores alertou para "a rápida conclusão do novo Centro de Saúde da Madalena", uma estrutura que deve "garantir um conjunto de valências médicas, em articulação com o Hospital da Horta, no Faial, nomeadamente ao nível de pequenas cirurgia e maternidade".  O deputado comunista defendeu também "a rápida conclusão da ampliação da sala de desmancha do matadouro" do Pico e "uma revisão das obrigações de serviço público nas transportadoras marítimas de mercadorias para permitir o pleno aproveitamento das potencialidades produtivas da ilha".  Além disso, Aníbal Pires considerou ainda "incompreensível que o único porto comercial daquela ilha continue a operar nos seus limites" e criticou o Governo regional por "falta de visão estratégica" para "potenciar devidamente o turismo" no Pico.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.