Europeias

Paulo Rangel garante "sem hesitação" que Açores serão prioridade do PSD

Paulo Rangel garante "sem hesitação" que Açores serão prioridade do PSD

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Mai de 2019, 12:42

O cabeça de lista do PSD às europeias deste mês, Paulo Rangel, garantiu esta quinta-feira "sem hesitação" que os Açores serão uma prioridade dos sociais-democratas no Parlamento Europeu, pese embora não haja candidato da região na lista nacional do partido.

"Garanto sem qualquer hesitação e sem qualquer dúvida que os Açores estarão no topo das nossas prioridades. (...) É um compromisso pessoal que assumo. Teremos um assessor açoriano só para tratar das questões dos Açores, que tratará com toda a delegação e estará diretamente sob a minha supervisão", declarou Paulo Rangel à agência Lusa, à margem de uma visita à ilha de São Miguel.

O candidato social-democrata diz ter uma relação "muito fluída e positiva" com a comissão política regional do PSD/Açores e diz respeitar o "juizo autonómico" da estrutura em não fazer campanha para as europeias, asseverando não se sentir "nada desconfortável" em fazer, na região, uma "uma visita mais temática e menos 'comicieira', uma visita mais fora dos cânones da militância".

E prosseguiu: "Eu próprio assumo que periodicamente visitarei os Açores para dar um conteúdo físico a essa representação [dos Açores em Bruxelas]. Não será a mesma coisa que um deputado açoriano que resida aqui, mas terei esse encargo adicional".

Na passagem de algumas horas por São Miguel, Rangel encontrou-se com o reitor da Universidade dos Açores, esteve com jovens agricultores da ilha e terá ainda, de tarde, uma reunião com pescadores açorianos.

"Sempre tivemos campanha nos Açores, e sempre nesta altura de pré-campanha, como na Madeira e numa vasta parte do país. Entramos em modo de campanha 15 ou 20 dias antes da campanha oficial, é a única forma de cobrirmos o território todo. A ideia é dar este sinal que os açorianos podem confiar no PSD como a força que estará em melhores condições de defender os interesses específicos da região", declarou ainda.

A lista do PSD às europeias de 26 de maio é encabeçada pelo eurodeputado Paulo Rangel e tem como número dois a líder da juventude do Partido Popular Europeu, Lídia Pereira.

O PSD/Açores havia indicado o histórico dirigente Mota Amaral para a lista nacional do partido, mas o líder do PSD, Rui Rio, apenas garantia o oitavo lugar à região, tendo optado os dirigentes açorianos por retirar o nome apresentado e não introduzir outro candidato na lista.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.