Eleições

Paulo Moniz e António Ventura nos primeiros lugares da lista do PSD/Açores

Paulo Moniz e António Ventura nos primeiros lugares da lista do PSD/Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Jul de 2019, 10:03

A comissão política regional do PSD/Açores aprovou segunda-feira à noite a lista de candidatos do partido às eleições para a Assembleia da República, que terá nos primeiros lugares Paulo Moniz e o atual deputado António Ventura.

Em nota enviada à imprensa, o presidente do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, demonstra-se convicto que se trata de uma "lista vencedora, pois reúne os melhores candidatos para defender os interesses dos Açores".

"A escolha do cabeça de lista, indicado em sintonia com as estruturas locais, mostra que o PSD/Açores dá um claro sinal de abertura à sociedade. É algo que faz falta na política regional", afirmou, citado no texto.

Gaudêncio elogia ainda o "excelente trabalho desenvolvido por Berta Cabral e António Ventura na defesa dos Açores" durante os últimos quatro anos na Assembleia da República e garantiu ainda que "não houve qualquer convite" a José Manuel Bolieiro, referindo que o autarca social-democrata "deixou muito claro, desde o início, que a sua preocupação é o concelho de Ponta Delgada".

A lista do PSD/Açores à Assembleia da República é assim encabeçada por Paulo Moniz, da ilha de São Miguel, 50 anos, engenheiro eletrotécnico e atual presidente do Conselho Diretivo da Região Açores da Ordem dos Engenheiros.

Segue-se António Ventura, da ilha Terceira, engenheiro zootécnico, com 51 anos, e a candidata do Faial, Ilídia Quadrado, professora, com 48 anos.

A representação da JSD/Açores fica a cargo de Vitória Silva, enfermeira de 26 anos, enquanto os TSD/Açores apresentam Humberta Bettencourt, com 41 anos e funcionária pública.

As eleições legislativas acontecem a 06 de outubro.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.