Parque subaquático de São Miguel é para avançar

Parque subaquático de São Miguel é para avançar

 

lusa   Regional   13 de Nov de 2011, 16:44

O director regional da Cultura reafirmou a intenção do governo regional em criar "o parque subaquático de São Miguel, em torno do naufragado navio Dori, afundado por altura da 2ª guerra mundial.

Esta decisão confirma, segundo Jorge Bruno, "a consciência que o governo regional tem da importância do património arqueológico de que o seu território é portador, principalmente do subaquático, e do potencial turístico que representa".

Jorge Bruno falava na abertura do III Encontro de Arqueologia das Ilhas da Macaronésia, que decorre até hoje em Angra.

O director regional da Cultura, que efectuou o historial das pesquisas subaquáticas nos Açores, iniciadas em 1995, acentuou "o seu largo potencial, se não único, a nível nacional, pelo menos de capital importância e interesse".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.