Paragens têm sido benéficas

Paragens têm sido benéficas

 

Arthur Melo   Futebol   13 de Nov de 2008, 10:49

As sucessivas paragens dos campeonatos provocam, regra geral, perda de ritmo competitivo nos jogadores e nas equipas de futebol, mas na Lagoa os últimos hiatos competitivos até têm sido bem-vindos.
Segundo Cláudio Abreu, as paragens competitivas dos últimos tempos têm sido aproveitadas para recuperar jogadores lesionados, como foram os casos de Nuno Lopes, Paulo Jorge, Jorginho e Tiago Caeiro.
“No geral as paragens dificultam o trabalho à equipa técnica pois o que realizamos durante a semana é para ter frutos ao domingo e os interregnos só prejudicam. Contudo, esta última até nos pode ter favorecido porque tínhamos vários jogadores lesionados e foi um período que deu para recuperar vários deles”, afirmou o capitão dos fabris em declarações reproduzidas no site do clube.
O veterano jogador abordou ainda o próximo desafio do Operário, que domingo recebe o Nelas. O objectivo, sublinha Cláudio Abreu, é somar a segunda vitória consecutiva nesta época.
“O ambiente é sempre melhor depois de uma vitória e o grupo está mais motivado. O desafio com o Nelas será difícil mas procuraremos garantir os três pontos. Falta-nos alcançar duas vitórias consecutivas para realçar o bom campeonato que queremos concretizar para garantir um lugar entre os seis primeiros”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.