Pais querem ajuste direto para Ala Pediátrica do São João avançar rapidamente


 

Lusa/Ao online   Nacional   4 de Nov de 2018, 10:45

A associação pediátrica do Hospital de São João defende o “ajuste direto” da Ala Pediátrica, alertando que o concurso público previsto pelo Governo pode atirar a conclusão da obra “para daqui a quatro, cinco, seis ou sete anos”.

“Ninguém consegue garantir uma data. Mas quanto mais depressa a obra começar, mais depressa está pronta. Antes de abril, o arquiteto não vai ter o projeto revisto. Depois, é preciso começar a obra. Nisso é que queremos o ajuste direto. É a única forma de avançar de imediato”, afirmou Jorge Pires, porta-voz da APOHSJ – Associação Pediátrica Oncológica, em declarações à Lusa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.