OE2013 ignora programa que Passos Coelho anunciou na tomada de posse

OE2013 ignora programa que Passos Coelho anunciou na tomada de posse

 

Lusa/AO online   Economia   31 de Out de 2012, 06:30

O Orçamento do Estado para 2013 não tem qualquer referência ao Programa Nacional de Poupança (PNP), uma iniciativa anunciada pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, no seu discurso de tomada de posse, em junho de 2011.

"[O PNP] terá o intuito de elevar a taxa de poupança para reduzir o endividamento das famílias e das empresas", afirmou Passos Coelho a 21 de junho de 2011, no mesmo discurso em que anunciou a decisão de não nomear novos governadores civis.

Desde então, ainda não houve nenhum anúncio oficial sobre este programa.

Em fevereiro, a Lusa questionou assessoras do gabinete do primeiro-ministro e do Ministério das Finanças que disseram não ter nenhuma informação nova a dar sobre o PNP - nem sobre o teor do programa nem sobre a respetiva data de apresentação ou aplicação.

O PNP não voltou a ser mencionado em nenhum documento do Governo desde então, incluindo no relatório do orçamento para 2013.

No discurso de tomada de posse, Passos Coelho afirmou que uma das ambições do PNP seria contribuir para "a atração das poupanças dos portugueses que vivem no estrangeiro, travando assim a dependência extrema e insustentável da economia nacional relativamente ao financiamento externo."


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.