Obras de Machado de Assis analisadas em seminário em Madrid

Obras de Machado de Assis analisadas em seminário em Madrid

 

Lusa/AOonline   Cultura e Social   9 de Out de 2008, 15:24

A Fundação Hispano-Brasileira promove na próxima semana em Madrid dois dias de debate sobre a obra de Machado de Assis, no momento em que se cumpre o centenário da morte do escritor brasileiro.
O encontro, na Casa de América, insere-se nas comemorações do Ano Nacional Machado de Assis, que se celebra este ano com várias actividades tanto no Brasil como no estrangeiro.

    A presença de Machado de Assis em Espanha é histórica e foi já simbolicamente reconhecida em salas que levam o seu nome em instituições como a Casa América e o Museu Thyssen.

    Na Avenida do Brasil, no sendo de Madrid, está uma estatua do escritor inaugurada há 10 anos, com a sua obra traduzida por especialistas como Pable del Barco, José Angel Cilleruelo e Basílio Losada.

    Promovido com o apoio da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, a Academia Brasileira das Artes e várias instituições - incluindo o Instituto Camões e o Ministério da Cultura espanhol, o seminário de dois dias reúne escritores, professores de português e tradutores da obra de Machado Assis para o espanhol.

    O encontro é inaugurado no dia 16 de Outubro pelo ministro da cultura espanhol, César António Molina.

    Na primeira mesa redonda, dedicada às “perspectivas críticas da obra de Machado de Assis”, participam entre outros a escritora brasileira Nélida Piñon e Abel Barros Baptista da Universidade Nova de Lisboa.

    Está ainda previsto um recital lírico com a mezzosoprano brasileira Denise de Freitas, o barítono Homero Velho e o pianista Nivaldo Tavares, sob direcção de André Heller-Lopes.

    O imaginário na obra de Machado de Assis e a tradução dos seus livros para o espanhol serão os temas em análise no segundo dia do seminário.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.