Açoriano Oriental
Número de portugueses que este ano fizeram um cruzeiro subiu 49%
O número de passageiros portugueses que este ano fizeram um cruzeiro deverá rondar os 55 mil, o que representa um aumento de 49 por cento face aos 37 mil do ano passado, referem dados da Royal Caribbean International.
Número de portugueses que este ano fizeram um cruzeiro subiu 49%

Autor: Lusa / AO online

Para o próximo ano, a perspectiva é que o mercado de cruzeiros português suba para os 60 a 65 mil passageiros, afirmou à Lusa o representante da empresa em Portugal, Francisco Teixeira.

Com este volume de passageiros, o mercado português de cruzeiros poderá valer entre 80 a 90 milhões de euros, afirmou.

Para o próximo ano, a Royal Caribbean quer crescer em Portugal 70 por cento em termos de passageiros e 55 a 60 por cento em termos de receitas.

“Actualmente, valemos entre 18 a 20 por cento do mercado de cruzeiros e dentro do segmento “premium” (classe superior) temos uma quota de quase 50 por cento”, afirmou.

“O objectivo é passar dos actuais 10 mil para 17 mil passageiros”, acrescentou.

A companhia de cruzeiros internacional refere que este ano deverá ter crescido 10 por cento em número de passageiros, mas apenas entre 1 a 2 por cento em temos de receitas, face a um crescimento previsto de 25 por cento.

Segundo o responsável, o factor decisivo nesta quebra foi o alerta de pandemia da gripe A e não a crise.

Os destinos mais vendidos pela companhia de cruzeiros são o Mediterrâneo (60 por cento das vendas), seguido das Caraíbas (20 por cento), do Norte da Europa (10 por cento) e do Resto do Mundo (10 por cento).

Segundo Francisco Teixeira, o Mediterrâneo é o destino com maior crescimento, seguido do Norte da Europa.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.