Novas encomendas diminuem 16,8% no segundo trimestre

Novas encomendas diminuem 16,8% no segundo trimestre

 

Lusa/AO Online   Economia   23 de Ago de 2011, 11:36

O índice de novas encomendas na construção voltou a cair no segundo trimestre, agravando a diminuição homóloga para 16,8 por cento face aos 12,8 por cento do trimestre anterior, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O INE salienta, no entanto, que esta diminuição foi influenciada pela componente pública relativa aos edifícios escolares construídos no segundo trimestre de 2010, já que a Construção de Edifícios passou de uma variação homóloga negativa de 5,2 por cento no primeiro trimestre de 2011 para 23,4 por cento nos três meses seguintes.

Sem os edifícios escolares, este segmento registaria uma variação homóloga de 4,7 por cento.

As Obras de Engenharia tiveram uma redução de 8,1 por cento no segundo trimestre de 2011 face ao período homólogo (-21,8 por cento no trimestre anterior).

O índice de novas encomendas aumentou 11,6 por cento no segundo trimestre face ao primeiro (4,9 por cento).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.