Quénia

Nelly Furtado vai doar um milhão de dólares para construção de escola no Quénia


 

Lusa/AO online   Internacional   28 de Set de 2011, 12:27

A cantora luso-canadiana Nelly Furtado anunciou que doará um milhão de dólares (737 mil euros) que recebeu em 2007 por actuar para a família de Khadafi para construir uma escola feminina no Quénia.
Nelly Furtado anunciou a sua decisão num evento em Toronto da organização não governamental canadiana “Free the Children”.

A cantora revelou ainda que investirá ainda um dólar por cada dólar doado por particulares para a construção da escola, até um máximo de 500 mil dólares (368,7 mil euros).

Nelly Furtado já tinha manifestado a intenção de doar o dinheiro recebido de Khadafi, através da sua conta de Twitter, em Fevereiro.

Na altura, Nelly Furtado foi um dos nomes de artistas citados pela revista Rolling Stone, que nos últimos anos tinham recebido dinheiro por actuações privadas para os membros do clã de Khadafi.

Da lista faziam ainda parte Mariah Carey, Beyoncé, Usher e 50 Cent.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.