Açoriano Oriental
“Não fomos eficientes”

O treinador do Santa Clara, Vasco Matos, destacou a ineficiência da sua equipa após o jogo frente ao Belenenses, no Restelo, que terminou com o nulo no marcador.

“Não fomos eficientes”

Autor: Mariana Lucas Furtado

No final da partida em que, segundo o técnico, o Santa Clara esteve mais dominador na segunda parte, Vasco Matos atribuiu mérito ao Belenenses pelo bom jogo feito em casa, que bloqueou a capacidade de finalização dos açorianos devido à pressão alta que mantiveram. 

“Tivemos uma entrada em que criámos logo uma situação de golo, e depois na sequência do canto criámos outra oportunidade” refletiu o treinador. “Depois o Belenenses começou a dividir bem o jogo, criou-nos dificuldades na pressão e nós não fomos eficazes nesse momento”, assumiu.

O técnico considerou que faltou à equipa algum “trabalho de ligação” e “mobilidade na linha média” que pudessem  criar desconforto ao adversário. “Tivemos dois extremos muito na última linha do Belém, e isso fez com que estivéssemos longe e equipa não tivesse ligações”.

“Este clima de Natal pode criar algum relaxamento, mas não tenho nada a apontar aos jogadores, bem pelo contrário”, assinalou ainda.

Apesar do empate, Vasco Matos saudou o trabalho do conjunto. “Somámos, continuamos sem derrotas e acabamos assim a primeira volta, com um trabalho muito bem conseguido da nossa parte”, refletiu.

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados