Liga Europa

Nacional empata e fica com apuramento mais longe

Nacional empata e fica com apuramento mais longe

 

Lusa/AO online   Futebol   5 de Nov de 2009, 20:12

O Nacional da Madeira ficou hoje praticamente afastado da fase seguinte da Liga Europa em futebol, ao receber e empatar 1-1 com os espanhóis do Athletic Bilbau, em encontro da quarta jornada da prova

O Nacional da Madeira viu hoje quase definitivamente comprometidas as suas aspirações à qualificação para os 16 avos-de-final da Liga Europa em futebol, ao empatar (1-1), em casa, com o Atlhetic Bilbau.

Os golos, que surgiram apenas na segunda parte, foram ambos de grande penalidade, tendo Edgar adiantado os insulares, aos 64 minutos, enquanto Etxeberria, aos 85, estabeleceu o resultado final, perante um Nacional que foi duramente castigado por falhas de concentração.

Numa partida em que os madeirenses eram obrigados a vencer, o treinador Manuel Machado apostou num sistema de três centrais, tentando libertar os seus laterais para acções ofensivas.

Os bascos optaram pelo clássico 4-4-2, confiando no talento de Etxeberria e na "promessa" Fernando Llorente, um jovem jogador e a quem tem sido augurado um grande futuro.

O ambiente no Estádio da Madeira não podia ser pior para o Nacional, uma vez que os mais de mil adeptos espanhóis que se deslocaram à Madeira coloriram as bancadas, ofuscando a massa adepta “alvi-negra”, que voltou a não encher o recinto.

A primeira parte foi parca em motivos de interesse, tendo os insulares entrado um pouco melhor e criado as primeiras situações, ao que responderam os bascos, equilibrando a contenda.

Já com Llorente de fora, por lesão, o Nacional entrou na segunda parte com outro dispositivo táctico, prescindindo do central Tomasevic e do extremo esquerdo Mateus, para as entradas dos médios Cléber e Leandro Salino.

O Athletic permaneceu igual e até criou uma boa oportunidade aos 52 minutos, mas foi o Nacional quem haveria de chegar à vantagem aos 64 minutos, através de Edgar, na conversão de uma grande penalidade.

Em vantagem, o Nacional entrou então num período de contenção, mas acabou por ficar reduzido a 10 unidades, quando Nuno Pinto foi expulso, aos 79 minutos, por duplo amarelo, facto que foi aproveitado pelo adversário para "assaltar" a área madeirense.

A pressão do Athletic deu os seus frutos e, aos 85 minutos, também de grande penalidade, Etxeberria restabeleceu o empate, resultado com que se iria atingir os 90 minutos e que deixa os bascos bem mais próximos da fase seguinte.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.