Mourinho e Ronaldo fora da eleição dos melhores em 2011/12 da Liga espanhola

Mourinho e Ronaldo fora da eleição dos melhores em 2011/12 da Liga espanhola

 

Lusa/AO online   Futebol   13 de Nov de 2012, 10:44

O técnico português José Mourinho e o internacional Cristiano Ronaldo ficaram fora dos prémios da Liga de Futebol espanhola da última época, embora o Real Madrid, campeão, tenha merecido o prémio de melhor equipa.

Os “merengues” e o Deportivo da Corunha, campeão da segunda Liga, foram distinguidos como as melhores equipas nos respetivos campeonatos e a maior distinção individual foi para o argentino Lionel Messi, melhor avançado e melhor jogador.

A Liga entregou os prémios anuais e Pep Guardiola, ex-técnico do FC Barcelona, segundo classificado na última temporada e que entretanto abandonou o clube, voltou a ser o melhor treinador, pela terceira época consecutiva.

Da equipa campeã espanhola, com Mourinho e Cristiano Ronaldo “esquecidos”, a Liga elegeu Iker Casillas como melhor guarda-redes, Sergio Ramos como o melhor defesa e Xabi Alonso como melhor médio de 2011/12.

As distinções são feitas mediante os votos dos jogadores e dos treinadores das duas Ligas, a principal e a secundária.

O melhor jogador e treinador são eleitos pelos futebolistas e o melhor em cada posição sai de uma votação feita pelos técnicos e a partir de um leque escolhido previamente por treinadores de reconhecido prestígio, indicados pela Liga.

O FC Barcelona conseguiu ainda colocar Iniesta como melhor médio de ataque e o capitão Carles Puyol como vencedor na categoria de jogo limpo. O prémio revelação da Liga principal foi para Francisco Alarcón Isco, do Málaga.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.