Crime

Morreu proprietário de ourivesaria assaltada


 

Lusa/AO online   Nacional   21 de Ago de 2008, 11:29

O proprietário de uma ourivesaria em Setúbal, baleado quarta-feira na cabeça durante um assalto, morreu pelas 19:20 (hora de Lisboa), informou fonte hospitalar.
Segundo a fonte, o homem, de 58 anos, faleceu vítima dos ferimentos sofridos na cabeça.

    O ourives, dono da "Jóias Bocage", na Rua de Santa Catarina, encontrava-se na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de S. José, em Lisboa, para onde fora transferido.

    Fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica indicou anteriormente que o proprietário da ourivesaria levou um tiro na cabeça e tinha uma hemorragia abundante.

    O assalto ocorreu cerca das 11:55 (hora de Lisboa), envolvendo dois jovens com cerca de 20 anos, que fugiram a pé, informou a PSP em comunicado.

    A polícia adiantou que, na altura do assalto, apenas estaria no interior da ourivesaria o seu proprietário, que foi atingido por dois disparos.

    A investigação do caso foi entregue à Polícia Judiciária.

    Em Junho, o Tribunal de Leiria condenou a 20 anos de prisão o principal suspeito da morte de um ourives de Bajouca, durante um assalto em Janeiro de 2007.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.