Ministra reafirma que avaliação avança este ano

Ministra reafirma que avaliação avança este ano

 

Lusa/AO Online   Nacional   11 de Dez de 2008, 14:18

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, reafirmou hoje que a avaliação dos professores vai avançar este ano lectivo, garantindo mais uma vez que o processo não será suspenso.

    "A suspensão não está em causa. O processo de avaliação [de desempenho dos professores] vai continuar", afirmou Maria de Lurdes Rodrigues à entrada de uma reunião com a Plataforma Sindical dos Professores, onde será debatida a questão da avaliação dos docentes e onde os sindicatos apresentarão, formalmente, pela primeira vez, a sua alternativa ao modelo do Governo.

    Em declarações aos jornalistas, a ministra esclareceu que o decreto regulamentar que aprova as medidas de simplificação do modelo de avaliação dos professores para este ano letivo não foi discutido hoje em Conselho de Ministros para permitir ao Ministério da Educação conhecer as propostas dos sindicatos sobre esta matéria.

    "O Conselho de Ministros, a meu pedido, aguarda os resultados desta reunião para nós podermos ouvir sem condições o que os sindicatos têm a propor", afirmou.

    Confrontado pelos jornalistas sobre a decisão do Governo de adiar a aprovação do decreto regulamentar, o porta-voz da Plataforma Sindical, Mário Nogueira, afirmou não esperar outra coisa, alegando que se o documento fosse hoje aprovado, a reunião com Maria de Lurdes Rodrigues "não teria sentido".

    Apesar das garantias da ministra relativamente à aplicação do processo já este ano, Mário Nogueira disse estar confiante na suspensão do actual modelo de avaliação, lembrando que nas últimas semanas os professores de centenas de escolas "entupiram o fax do ministério" com moções e abaixo-assinados a pedir o fim deste processo.

    "Se não acreditasse [na possibilidade de suspensão do processo de avaliação], não estávamos aqui", afirmou, acrescentando que os sindicatos têm "todas as formas de luta" para manter a contestação ao modelo.

    O Ministério da Educação antecipou para hoje a reunião com os sindicatos de professores sobre o modelo de avaliação de desempenho, que estava agendada para o início da próxima semana, na qual a Plataforma vai apresentar as suas propostas para este processo, sendo ainda definida a agenda de futuros encontros.

    De acordo com Mário Nogueira, a proposta dos sindicatos prevê a suspensão do modelo de avaliação em vigor, a adopção de uma solução transitória para este ano lectivo e o início, já em Janeiro, de um processo negocial com vista à revisão do Estatuto da Carreira Docente, nomeadamente para alterar a estruturação da carreira, actualmente dividida em duas categorias (professor e professor titular).

    A realização do encontro de hoje levou os sindicatos a suspender as greves regionais que estavam agendadas para esta semana, apesar de o Ministério da Educação ter garantido não estar disponível para suspender o processo de avaliação, insistindo na aplicação do modelo já este ano lectivo, embora de uma forma simplificada.

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.