Açoriano Oriental
Covid-19
Medida de apoio à restauração com impacto superior a 160 mil euros

A iniciativa “Ponta Delgada à Prova”, implementada pela câmara municipal, no âmbito do Fundo de Emergência Empresarial para fazer face à pandemia de Covid-19, teve um impacto direto superior a 160 mil euros na restauração.

Medida de apoio à restauração com impacto superior a 160 mil euros

Autor: Lusa/AO Online

Numa nota enviada às redações, a autarquia adianta que "foram comercializados 11.888 menus regionais ou confecionados maioritariamente com produtos açorianos, aprovados pelo município e pela Confraria dos Gastrónomos dos Açores", entidade parceira da autarquia neste projeto.

Iniciada em novembro, a medida da autarquia de São Miguel visou "mitigar os efeitos da perda de receitas no setor da restauração e valorizar toda a cadeia de produção regional associada ao setor", e, de acordo com o município, "aderiram à iniciativa 31 restaurantes do concelho de Ponta Delgada".

A autarquia alocou 80.000 euros, "já esgotados", para a execução desta medida, que se traduziu na comercialização do menu "Ponta Delgada à Prova" (entrada, prato, bebida, sobremesa e café) pelo "valor de 15 euros, ficando o cliente a pagar apenas 7,5 euros e a Câmara Municipal os restantes 7,5 euros".

O Fundo Municipal de Emergência Empresarial foi criado em maio de 2020 para a implementação de várias medidas de política pública, já executadas ou em execução, de apoio à retoma económica e à dinamização social do concelho de Ponta Delgada devido à pandemia.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados