Médica de 24 anos lidera lista do CDS-PP pelo Corvo

Médica de 24 anos lidera lista do CDS-PP pelo Corvo

 

Lusa/AO Online   Regional   26 de Ago de 2012, 11:24

A médica Catarina Andrade é a cabeça de lista do CDS-PP pelo círculo eleitoral do Corvo nas eleições regionais dos Açores, que se disputam a 14 de outubro, anunciou o líder regional do partido, Artur Lima.

 

“É uma lista de extraordinária qualidade, encabeçada por Catarina Andrade, que é uma corvina de gema”, afirmou Artur Lima, acrescentando que se trata de “uma candidatura genuína, que dá aos corvinos a segurança de uma boa representação da sua terra”.

Catarina Andrade, 24 anos, é licenciada em cardiopneumologia e está a concluir um mestrado em ritmologia.

Para Artur Lima, citado num comunicado divulgado pelo partido, “é desta nova geração que a ilha do Corvo precisa, de gente nova, qualificada, formada, dinâmica, para garantir que o Corvo tenha um bom futuro, o que, hoje em dia, quase não se verifica”.

Por seu lado, a candidata salientou conhecer “as necessidades dos corvinos e os seus reais problemas”, assegurando que pretende “ajudar a resolver” esses problemas.

Nas eleições regionais de 2008, o CDS-PP conquistou 70 votos no Corvo, o que representou 24,5 por cento, mas não foi suficiente para eleger nenhum dos dois deputados que representam a mais pequena ilha do arquipélago na Assembleia Legislativa dos Açores.

Paulo Rosa pelas Flores

Paulo Rosa vai ser o cabeça de lista do CDS-PP pelo círculo eleitoral das Flores nas eleições regionais de outubro, repetindo a posição que ocupou nas eleições de 2008 no arquipélago.

“O Paulo Rosa foi um deputado exemplar, que os florentinos têm que premiar e reeleger”, afirmou hoje Artur Lima, presidente do CDS-PP nos Açores, na apresentação do candidato.

Artur Lima, citado num comunicado divulgado pelo partido, frisou que os eleitores da ilha das Flores não vão votar nos candidatos à presidência do Governo, mas nos deputados que os vão representar na Assembleia Legislativa dos Açores, apelando a que premeiem “quem mais trabalhou”.

Por seu lado, Paulo Rosa, salientou ter escolhido o Porto dos Poças, em Santa Cruz das Flores, para a apresentação da sua candidatura como forma de destacar a necessidade “urgente” de um investimento para melhorar esta infraestrutura, que serve 70 por cento das embarcações de pesca da ilha.

Nesse sentido, assegurou que, caso seja eleito, lutará para que esta obra se realize, criticando o executivo regional socialista pelos sucessivos adiamentos.

Nas eleições regionais de 2008, o CDS-PP conquistou 25,7 por cento dos votos no círculo eleitoral das Flores, elegendo um dos três deputados que representam esta ilha na Assembleia Legislativa dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.