Mário Soares alerta que, “se cair a Grécia, Europa vai ao charco”

Mário Soares alerta que, “se cair a Grécia, Europa vai ao charco”

 

Aonilne/Lusa   Nacional   15 de Set de 2011, 08:52

Se a Grécia não evitar a bancarrota, “é a Europa toda que vai ao charco”, afirmou o ex-Presidente da República Mário Soares à Agência Lusa em Paris.

“Se deixarem cair a Grécia, deixam cair o euro e é a Europa toda que vai ao charco”, declarou Mário Soares à margem da entrega do Prémio Prémio Houphouët-Boigny para a Paz, que foi entregue na quarta-feira na sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

Mário Soares sublinhou que “agora vale ainda mais a pena lutar pela Europa, para evitar que entre numa grande decadência”.

O ex-Presidente acusou também a chanceler alemã, Angela Merkel, e o chefe de estado francês, Nicolas Sarkozy, de “quererem mandar na Europa”, pelo que é preciso “acordar” os europeus.

“A Europa é uma entidade coletiva, com 27 estados membros. Merkel e Sarkozy esqueceram-se da solidariedade”, acusou Mário Soares.

Mário Soares salientou também: “Os franceses não falam da crise europeia, só falam das suas eleições. A Europa pode cair e isso é uma desgraça para todos nós, incluindo para a França e a Alemanha, que se julgam impunes”.

“Julgam que têm dinheiro, mas não têm. A França vai a seguir à Espanha, toda a gente sabe disso”, acrescentou.

“Falam mal dos gregos como se eles fossem qualquer coisa. Foram os gregos que fundaram a civilização europeia e inventaram a democracia”, sublinhou também o ex-Presidente.

Mário Soares criticou igualmente o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, que na quarta-feira alertou para o momento crítico que vive não apenas a Grécia mas a Europa.

“Realmente, antes tarde que nunca e (Durão Barroso) disse umas coisas interessantes no último dia. Mas ele já está naquele cargo há muito tempo e esqueceu-se de dizer muita coisa. Se já tivesse dito, teria sido melhor”, criticou o ex-Presidente.

Mário Soares afirmou ainda que “o Governo de Passos Coelho está a fazer aquilo que foi acompanhado em matéria de ‘troika’, mas a ‘troika’, só por si, não resolve nada”.

Mário Soares avisou mesmo que, se não houver luta contra a recessão, “Portugal estará ainda pior daqui a três anos”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.