Margaret Thatcher sofre de demência confirma a filha em livro


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Ago de 2008, 20:42

A filha da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher confirmou pela primeira vez que a mãe, actualmente com 82 anos, sofre de demência, num livro a publicar brevemente e do qual o 'Daily Mail' publica hoje alguns excertos.
    No seu livro de memórias, Carol Thatcher escreve que foi há oito anos que se apercebeu dos graves problemas de memória da mãe quando, numa conversa sobre a ex-Jugoslávia, Margaret Thatcher confundiu a Guerra das Malvinas/Falkland com o conflito na Bósnia.

    "Eu não conseguia acreditar. Ela tinha 75 anos, mas eu sempre pensei nela como uma pessoa sem idade e sem tempo, alguém 100 por cento à prova de qualquer problema", escreve.

    Carol afirma que a mãe costumava ter uma memória formidável, "como a internet", mas que a demência, a par de uma série de "mini-avc" (acidente vascular cerebral), abriu "um novo e assustador capítulo nas nossas vidas".

    "O que magoa mais é que não há nada que eu possa fazer: esta doença cruel segue o seu curso", escreve.

    A filha de Margaret Thatcher afirma no livro que as memórias mais vivas que a mãe mantém são as relativas aos 11 anos de mandato à frente do governo britânico (1979-1990) e que, apesar de lhe ser difícil falar sobre um artigo que tenha acabado de ler, conversa animadamente sobre o antigo líder soviético Mikhail Gorbachev.

    Carol afirma que a morte do pai, Denis Thatcher, em 2003, foi um duro golpe para a sua mãe e que esta se esquece repetidamente de que o marido morreu. "Tinha de estar repetidamente a dar-lhe a má notícia", escreve.

    Margaret Thatcher afastou-se definitivamente da vida pública em 2002, por conselho médico.

    O livro de Carol Thatcher, intitulado "A Swim on Parti n the Goldfish Bowl: A Memoir", tem publicação prevista no Reino Unido para 04 de Setembro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.