Mais vitalidade para a prova com patrocínio do Millennium

Mais vitalidade para a prova com patrocínio do Millennium

 

Lusa/AO   Futebol   16 de Out de 2008, 11:44

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Gilberto Madaíl, afirmou que o patrocínio do banco Millennium BCP à Taça de Portugal dará mais vitalidade à “prova rainha” do futebol luso.
“Este patrocínio significa a consagração de que a Taça de Portugal é a ‘prova rainha’ do futebol português, que motiva os portugueses e que consegue também motivar grandes entidades”, referiu Gilberto Madaíl.
Durante a apresentação do patrocínio, válido para três temporadas, o líder federativo referiu que este é “um dia importante para a FPF, em que se cumpre mais um objectivo”, de “dar mais vitalidade à Taça de Portugal, quer a nível financeiro, quer desportivo”. De acordo com Madaíl, este patrocínio “aumenta substancialmente contrapartidas financeiras” aos clubes participantes, sobretudo, ao nível das transmissões televisivas, estando a FPF ainda a estudar uma forma de “compensar também as equipas não profissionais”.
Já a partir desta temporada, vão passar a ser transmitidos 15 a 20 jogos, tanto em canal aberto como em sinal fechado, sendo atribuído ainda um prémio de 500 mil euros ao vencedor e de 200 mil ao finalista vencido.
Armando Vara, vice-presidente do BCP, diz que este patrocínio servirá para “contribuir para uma maior divulgação desta competição”, garantindo que “será uma boa aposta”.
“A forma como a Taça de Portugal se desenvolve vem ao encontro do que o Millenium BCP defende. É uma competição com grande competitividade e na qual os clubes pequenos têm a oportunidade de defrontar as maiores equipas”, referiu.
Em termos estratégicos, este acordo com a FPF servirá para o banco se “aproximar de uma área em que não estava, uma aproximação ao futebol e, sobretudo, ao desporto”, além de servir para projectar a marca nos países africanos de língua portuguesa, em que o futebol português ainda tem “muita importância”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.