Açoriano Oriental
Mais de uma centena de adeptos receberam promovido Santa Clara em Ponta Delgada

O plantel do Santa Clara foi recebido em festa por mais de uma centena de adeptos no Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, após a equipa ter garantido a subida à I Liga portuguesa de futebol, no domingo.


Autor: Lusa/AO Online

Os adeptos do Santa Clara receberam a comitiva em solo açoriano já depois da meia-noite, num clima de autêntica euforia ao som de tambores, buzinas e cânticos afetos ao emblema açoriano.

Alberto Medeiros, de 49 anos, era um dos da fila da frente que aguardava ansiosamente a chegada dos jogadores e, na altura de escolher a figura mais importante da temporada, não teve dúvidas em eleger o presidente da SAD.

"É uma emoção muito forte, estamos de regresso à nossa casinha que é a I Liga. O melhor vai ser no próximo domingo, quando formos campeões. A principal figura foi o Bruno Vicintin, que teve a iniciativa de construir este projeto de raiz", sublinhou.

A cantar, ao mesmo tempo que tocava tambor, estava João Costa. À semelhança dos restantes aficionados, o jovem de 27 anos já só pensa na conquista do troféu na próxima jornada, frente à União de Leiria, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

"Temos de ser campeões, os Açores merecem o título por tudo o que têm feito durante a época. Nunca perdemos fora de casa e só perdemos em São Miguel três vezes. Tivemos algumas fases menos boas, mas o que interessa é que subimos e agora só queremos o título", exultou.

Calmo e sereno à chegada, como é seu apanágio entre os postes, estava Gabriel Batista, guarda-redes menos batido da II Liga esta temporada, com apenas 19 golos concedidos.

"Quero dar os parabéns ao plantel e a todo o nosso staff. Colocámos o Santa Clara onde nunca devia ter saído. Queremos agora ganhar o troféu em casa e dar mais uma alegria a estes adeptos", vincou.

Também o lateral esquerdo Paulo Henrique não se fez rogado no momento de falar aos jornalistas. Quando questionado sobre qual o momento mais marcante da temporada, o capitão elegeu a partida em Tondela, que terminou com uma vitória dos açorianos por 3-2, em 09 de dezembro de 2023.

"Escolho o jogo com o Tondela. A envolvência na equipa foi incrível, não sei explicar. Desde o primeiro momento viu-se o compromisso de todos, por isso estamos aqui a festejar", referiu emocionado.

O Santa Clara assegurou a subida à I Liga um ano depois da despromoção, beneficiando do empate sem golos do AVS com o Leixões, em Matosinhos, antes da vitória dos açorianos em Mafra, por 2-0.

Os 'encarnados' de Ponta Delgada lideram a II Liga com 70 pontos, mais dois que o Nacional e seis que o AVS.

 


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados