Maior apoio para vítimas de violência doméstica

Maior apoio para vítimas de violência doméstica

 

Luís Pedro Silva   Regional   27 de Nov de 2007, 11:38

A Rede de Apoio Integrado à Mulher em Situação de Risco pediu maior rapidez aos organismos públicos que acompanham as mulheres vítimas de violência doméstica, nomeadamente, no âmbito do apoio da área da saúde, habitação e formação profissional.
Paula Gama, coordenadora da rede, alertou durante o seminário “Nos bastidores do amor”, que é preciso garantir respostas imediatas para o problema da falta de habitação ou programas de arrendamento, acesso a formação profissional para garantir uma fonte de rendimento e tratamento médico especializado nas consultas de medicina dentária, oftalmologista e ginecologia.

A Rede de Apoio Integrado à Mulher revelou, também, que foram denunciados 381 casos de violência doméstica, em 2006, tendo sido acolhidas 176 pessoas. Entretanto, nos primeiros seis meses deste ano foram denunciados 169 casos, tendo sido acolhidas 76 pessoas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.