Luís Castro quer Vitória capaz de resistir à “desconfiança” frente ao Sporting

Luís Castro quer Vitória capaz de resistir à “desconfiança” frente ao Sporting

 

AO Online/ Lusa   Futebol   25 de Abr de 2019, 13:13

O treinador Luís Castro afirmou esta quinta feira que o Vitória de Guimarães precisa de superar a "desconfiança" gerada pelos últimos resultados para pontuar no terreno do Sporting, no sábado, em jogo da 31.ª jornada da I Liga de futebol.

Após os desaires das últimas duas rondas, com Rio Ave (2-1) e Desportivo das Aves (2-0), o técnico admitiu que a "oscilação" de exibições e resultados da sua equipa o tem "surpreendido", apontando para a necessidade de recuperar o "equilíbrio defensivo" que já demonstrou para ganhar confiança.

"Temos de ser uma equipa que não entre em ‘stress' competitivo durante o jogo, que não fique desconfiada com um momento menos bom do jogo. Temos de ser fortes para nos precavermos disso. Temos de voltar ao equilíbrio defensivo, algo que nos deu confiança para o momento ofensivo", disse, na conferência de antevisão à partida agendada para sábado, às 18:00, em Lisboa.

O 'timoneiro' do sexto classificado, com 45 pontos, disse ainda que nos quatro encontros por disputar em 2018/19, confia numa equipa semelhante àquela que, entre setembro e dezembro de 2018, cumpriu um ciclo de 12 jogos oficiais sem perder, mostrando "dinâmicas muito próprias" que, entretanto, se foram perdendo na segunda metade da época.

"O Vitória tem lutado para que isso volte a acontecer, para encontrar um momento de estabilidade que nos leve a boas exibições. Tenho confiança nos meus jogadores", reiterou.

A formação minhota vai encontrar um Sporting com um ciclo de oito vitórias seguidas, tal como aconteceu na primeira volta - os vimaranenses encerrarem essa série vitoriosa dos ‘leões', com um triunfo por 1-0 -, e Luís Castro admitiu um cenário de "grande adversidade" face à "mais-valia" da equipa treinada por Marcel Keizer.

Na perspetiva do técnico vitoriano, a equipa lisboeta tem no médio Bruno Fernandes um jogador que "se destaca" e está "mais móvel" face à versão da primeira volta, quer na zona central, quer nas alas.

Luís Castro previu ainda um jogo intenso, pelo facto de ambas as equipas terem ainda objetivos em jogo no campeonato - o Sporting é terceiro classificado, com 67 pontos, e pretende segurar a posição, e o Vitória ambiciona o quinto posto.

Ao longo do campeonato, os vimaranenses perderam todos os jogos em que sofreram primeiro do que o adversário, à exceção do triunfo na casa do FC Porto, à terceira jornada (3-2), e Luís Castro admitiu que marcar primeiro pode ser uma "injeção de confiança muito forte" para a equipa.

O Vitória de Guimarães, sexto classificado da I Liga, com 45 pontos, defronta o Sporting, terceiro, com 67, no sábado, às 18:00, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.