Lucros do Bradesco aumentam 74 por cento até Setembro


 

Lusa / AO online   Economia   5 de Nov de 2007, 11:03

O lucro do Bradesco, maior instituição financeira privada brasileira, aumentou 73,6 por cento nos primeiros nove meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2006, para 5,82 mil milhões de reais (2,3 mil milhões de euros).
Contribuíram para o resultado "eventos extraordinários" no período, como a venda de participações em empresas e amortizações em investimentos, salientou a instituição num comunicado.

O total de empréstimos da maior instituição financeira privada brasileira ascendeu a 140,1 mil milhões de reais (55,4 mil milhões de euros), um aumento de 27 por cento, no período em análise.

O valor de mercado do Bradesco registou um aumento de 55,7 por cento para 107,22 mil milhões de reais (42,4 mil milhões de euros), no fim de Setembro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

O Bradesco tem no seu capital uma participação de 3,8 por cento do Grupo Espírito Santo, e o banco brasileiro detém uma participação semelhante no capital do grupo português.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.