Lehman Brothers declara-se hoie em falência


 

Lusa/AO   Economia   15 de Set de 2008, 07:02

O banco de negócios norte-americano Lehman Brothers anunciou que se iria declarar hoje em falência para proteger os seus activos e maximizar o seu valor.
Em comunicado divulgado hoje, o banco acrescentou que a declaração de falência, aprovada pela direcção, iria ser apresentada hoje na Câmara de Falências para o distrito sul de Nova Iorque.

    “Os clientes do Lehman Brothers, incluindo os clientes da sua filial Neuberger Berman Holdings, poderão continuar a negociar os seus títulos e a tomar as decisões que acharem por bem relativamente às suas contas”, afirma-se na nota.

    O banco perdeu cerca de 3,9 mil milhões de dólares (2,7 mil milhões de euros) no terceiro trimestre do ano, depois de ter sido obrigado a importantes depreciações nos seus activos devido à crise no mercado imobiliário.

    A declaração de falência segue-se às tentativas falhadas do Lehman Brothers de encontrar um comprador, depois do Barclays, o último banco interessado, se ter retirado da corrida no domingo.

    O banco britânico considerou que seria impossível adquirir o Lehman Brothers sem uma ajuda federal norte-americana semelhante à concedida em Março ao JPMorgan Chase, quando este adquiriu outro banco em dificuldades, o Bear Sterns, de acordo com o New York Times e o Wall Street Journal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.