Açoriano Oriental
OE2021
Leão reafirma aumento “bastante significativo” do salário mínimo mas não dá valores

O ministro das Finanças reafirmou que no próximo ano haverá um aumento “bastante significativo” do salário mínimo nacional, mas sem indicar um valor concreto.

Leão reafirma aumento “bastante significativo” do salário mínimo mas não dá valores

Autor: Lusa/AO Online

Na conferência de imprensa de apresentação da proposta do Orçamento do Estado para 2021, em Lisboa, Leão afirmou por diversas vezes que em 2021 haverá “um aumento bastante significativo do salário mínimo” em linha com o feito na anterior legislatura, mas nunca indicou um valor concreto.

Ainda segundo João Leão, o aumento do salário mínimo terá impacto em cerca de 100 mil trabalhadores da administração pública.

A semana passada, o primeiro-ministro, António Costa, comprometeu-se com um "aumento significativo" do salário mínimo nacional, "como sinal de confiança em quem trabalha", em resposta ao líder do PCP que se queixou dos "sinais" dados pelo Governo.

No final de setembro, o Governo começou a ouvir os parceiros sociais sobre o aumento do salário mínimo nacional em 2021, mas não apresentou uma proposta ainda que mantenha o objetivo de o atualizar dos atuais 635 euros para 750 euros até ao final da legislatura.

Entre 2011 e 2014 o salário mínimo manteve-se congelado nos 485 euros, tendo aumentado depois disso sucessivamente para 505 euros em 2015, 530 euros em 2016, 557 euros em 2017, 580 euros em 2018, 600 euros em 2019 e 635 euros em 2020.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.