José Contente afirma que o povo "preferiu a continuidade" do PSD

José Contente afirma que o povo "preferiu a continuidade" do PSD

 

Lusa/AO online   Regional   29 de Set de 2013, 23:06

O candidato do PS dos Açores à Câmara Municipal de Ponta Delgada, José Contente, assumiu este domingo a derrota, afirmando que os eleitores "preferiram a continuidade" do PSD/Açores.

"Este foi um projeto marcado pela proximidade e que naturalmente tem futuro nas freguesias do concelho, agora no papel de oposição, se vierem a confirmar-se a previsões", declarou José Contente na sua sede de campanha, ao lado de Carlos César, mandatário da sua candidatura.

José Contente considera que o "povo é soberano" e há que "aceitar o veredicto popular", afirmando que esta é uma derrota "da candidatura do PS" e da sua equipa, assumindo-se, contudo, como o "primeiro responsável".

"O povo de Ponta Delgada entendeu que não era a hora assumir este novo projeto e, por isso, mesmo, democraticamente é assim que nos devemos comportar", declarou o candidato socialista derrotado.

O candidato socialista considera que foram apresentadas "boas ideias" que "não se perdem no tempo", algumas das quais "já aproveitadas" e "outras que "serão mais tarde".

José Contente considera que deixou com a sua candidatura um "novo olhar" sobre o concelho de Ponta Delgada que pretende estender às juntas de freguesia que o partido venceu, que considerou terem sido em número superior a 2009, tal como o número de votos expresso.

O candidato socialista perdeu a Câmara Municipal de Ponta Delgada para o candidato do PSD, José Manuel Bolieiro, que vinha a exercer as funções de presidente da maior edilidade dos Açores em substituição de Berta Cabral, ex-líder do PSD dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.