Açoriano Oriental
Ilha de Jersey distribui folhetos informativos sobre Covid-19 em português

A ilha de Jersey distribuiu esta segunda-feira folhetos em português no âmbito de uma campanha de informação sobre o surto do novo coronavírus, tendo o primeiro caso positivo nas Ilhas do Canal sido identificado na ilha de Guernsey.


Autor: Lusa/AO online

Além de folhetos em inglês, o governo de Jersey emitiu informação em português e polaco para chegar às comunidades de cidadãos originários de Portugal (cerca de 7.000) e Polónia (3.100), com conselhos básicos sobre a importância de lavar as mãos e de auto-isolamento no caso de necessidade.

De acordo com o último recenseamento, realizado em 2011, Jersey possuía cerca 98 mil habitantes, dos quais 7% portugueses, a maioria naturais da Madeira.

"É crucial garantir que os habitantes da ilha estejam plenamente cientes das mensagens sobre saúde pública, que vão ajudar a impedir a propagação do coronavírus", justificou o chefe do governo, John Le Fondré.

Segundo o balanço diário, até agora foram testadas 84 pessoas e não foi identificado qualquer caso positivo.

Entretanto, na ilha vizinha de Guernsey foi hoje confirmado o primeiro caso de um paciente infetado com o Covid-19 que tinha regressado recentemente de Tenerife, em Espanha, estando em quarentena desde domingo, quando foi diagnosticado.

Nesta ilha, 81 pessoas foram testadas relativamente a este novo coronavírus e apenas um caso positivo.

Guernsey possui uma população de cerca de 33.000 pessoas, das quais 1.300 são de origem portuguesa.

Apesar de serem territórios dependentes da Coroa Britânica, sujeitos à soberania da rainha Isabel II, as Ilhas do Canal não fazem parte do Reino Unido e têm autonomia executiva, legislativa e fiscal.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.