Sociedade

Identificado corpo de pescador do “Ana da Quinta” recolhido cinco meses depois do naufrágio

Identificado corpo de pescador do “Ana da Quinta” recolhido cinco meses depois do naufrágio

 

LUSA/AOnline   Regional   4 de Set de 2011, 14:45

O hospital de Ponta Delgada confirmou hoje a entrega para trasladação do corpo de um tripulante do pesqueiro “Ana da Quinta” encontrado a boiar ao largo dos Açores mais de cinco meses depois do naufrágio do pesqueiro.

Uma fonte da unidade hospitalar adiantou à agência Lusa que o corpo do pescador, entregue pelas autoridades marítimas ao hospital para identificação, deverá seguir hoje para a sua terra natal, Vila Praia de Âncora, Caminha.

O “Ana da Quinta” afundou a 17 de março ao largo dos Açores com nove tripulantes a bordo – seis portugueses e três indonésios – e as buscas realizadas nos dias seguintes apenas permitiram a recolha do corpo de um dos náufragos.

Além do corpo agora identificado pelo Hospital Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, as autoridades marítimas açorianas entregaram na última semana ao Hospital da Horta um outro também encontrado ao largo do arquipélago.

Questionado sobre a possibilidade de se tratar do corpo de outro dos tripulantes do pesqueiro, um porta-voz da Marinha em Ponta Delgada referiu que a determinação da respetiva identidade compete à unidade de saúde a que foi entregue.

O “Ana da Quinta”, de 24 metros e cem toneladas, e propriedade de um armador de Vila Praia de Âncora, naufragou quando pescava espadarte ao largo das ilhas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.