Governo dos Açores avalia estragos em portos e zonas balneares do Faial causados pelas recentes intempéries

Governo dos Açores avalia estragos em portos e zonas balneares do Faial causados pelas recentes intempéries

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   15 de Mar de 2019, 17:30

O secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia visitou, esta sexta-feira,o porto e a piscina do Varadouro, o porto do Comprido e o porto e as piscinas de Castelo Branco, na ilha do Faial, para se inteirar dos danos causados pelas recentes intempéries.

Durante a visita, Gui Menezes, que foi acompanhado pelos presidentes das juntas de freguesia do Capelo e de Castelo Branco, adiantou, citado em nota do executivo, que “está já em curso um levantamento das intervenções necessárias”.



No caso do porto do Varadouro, serão instalados novos cabeços de amarração, incluindo a armadura de reforço e elementos de fixação, que foram danificados, e serão colocadas pedras para compor o enrocamento afetado da muralha de proteção das casas de aprestos existentes.



No porto da freguesia de Castelo Branco, registaram-se danos na grua de coluna, sendo que os procedimentos necessários à sua reparação e manutenção já foram iniciados.



A piscina do Varadouro sofreu alguns estragos, nomeadamente a zona de escada que liga o solário à zona da piscina, e algumas áreas do pavimento foram danificadas pelo mar.



O porto do Comprido, nos Capelinhos, foi também afetado pelo mau tempo das últimas semanas, sendo que o mar removeu o pavimento de uma zona de estacionamento, originando uma depressão que deixou à vista uma antiga muralha e parte de uma antiga rampa.



Neste caso, e em conjunto com as autarquias, Gui Menezes adiantou que “será feita uma avaliação sobre o tipo de intervenção a adotar”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.