Funcionamento do Solar da Glória será resultado de concurso, reafirma Rui Luís

Funcionamento do Solar da Glória será resultado de concurso, reafirma Rui Luís

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   3 de Jul de 2018, 16:27

Rui Luís, secretário Regional da Saúde reafirma que o funcionamento do Solar da Glória, será através do resultado de um concurso.

O secretário Regional da Saúde vem reafirmar que o funcionamento do Solar da Glória, será através do resultado de um concurso.

Em nota de imprensa enviada à nossa redação, Rui Luís recorda recentes declarações ao Açoriano Oriental, onde refere que estão a ser elaboradas as especificações técnicas sobre o funcionamento da comunidade terapêutica que será instalada no Solar da Glória. Por isso diz que, ao contrário do que veicula o PSD, o Secretário Regional da Saúde não mente.

A nota explica que estas especificações servirão de base ao procedimento de consulta a todas as entidades que estiverem interessadas na gestão da referida comunidade terapêutica, prevendo-se que estejam concluídas até ao final deste mês de julho.

Após uma visita às várias comunidades terapêuticas situadas no continente português, com as quais a Secretaria Regional da Saúde tem convenções, foram analisados os diferentes modelos e programas de tratamento, de forma a conceber aquele que melhor se enquadre na realidade regional, e permita disponibilizar um tratamento adequado aos utentes com comportamentos aditivos e dependências nos Açores.

Acresce que está a ser concluído um estudo sobre a problemática da toxicodependência na RAA, que permitirá caracterizar a situação atual, com particular enfoque nos consumidores, e de cujo diagnóstico resultarão propostas de intervenção adequadas.

Perante esta realidade, entendeu a Secretária Regional da Saúde que o modelo de funcionamento do Solar da Gloria deveria resultar dum processo aberto e transparente para com todas a entidades que tenham as competências adequadas à exploração do espaço em causa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.