Óbito

Fotógrafo Max Elisabeth morre de doença prolongada

Fotógrafo Max Elisabeth morre de doença prolongada

 

Paulo Faustino   Regional   7 de Out de 2010, 23:00

O conhecido fotógrafo profissional de Santa Maria, Max Brix Elisabeth, faleceu nesta quinta-feira à noite, vítima de doença prolongada.

Nascido nesta ilha, Max Elisabeth, com 60 anos e dois filhos, foi um dos fundadores do Festival Maré de Agosto, o mais antigo nos Açores e que comemorou em 2009 as bodas de prata.

Max Elisabeth, antigo colaborador do Açoriano Oriental, é também conhecido pelas suas qualidades de fotógrafo e pelo principal estabelecimento ligado à fotografia que existe em Vila do Porto, a "Foto Pepe", um negócio iniciado pelo pai em meados do século passado.

A "Foto Pepe" possui, aliás, um arquivo composto por mais de um milhão de fotografias com registos da vida mariense. Na 'Ilha do Sol', Max Elisabeth desenvolveu diversas actividades, tendo-se destacado, inclusive, como desportista e, mais recentemente, na área política.

Em 2008 foi o terceiro candidato da lista do PS por Santa Maria às Eleições Legislativas Regionais, mas não chegou a ser eleito deputado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.