Força Aérea resgata com vida dois homens em ravina em São Miguel

Carregando o video...

 

Susete Rodrigues/Lusa/AO Online   Regional   28 de Jan de 2019, 15:25

A Força Aérea Portuguesa resgatou dois homens numa ravina no Pico da Vara, na ilha de São Miguel, uma "área de vegetação densa" e "onde os meios de socorro terrestres não conseguiam chegar". Com vídeo


Os dois homens foram socorridos na manhã de domingo e "estavam perdidos há várias horas numa zona de difícil acesso", precisou a Força Aérea em nota de imprensa.


A operação foi coordenada e rastreada pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, através dos elementos da Inspeção de Bombeiros no terreno, e pela ativação da sala de situação, envolvendo um helicóptero da Força Aérea Portuguesa.


"Devido às condições atmosféricas adversas, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores solicitou o empenhamento do meio aéreo ao Centro Coordenador de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes", tendo sido possível resgatar os homens - de 51 e 54 anos - com sucesso.


De acordo com nota do SRPCBA, o alerta foi dado no sábado às 18h50, por um familiar, através da linha 112.


Foram ativados todos os corpos de bombeiros da Ilha de São Miguel, nomeadamente, da Povoação, Nordeste, Vila Franca do Campo, Ribeira Grande e Ponta Delgada, tendo sido envolvidos nesta operação 12 viaturas e 50 bombeiros Voluntários, bem como elementos de comando das cinco corporações.

"Após vários contactos, via telefone, foi possível obter a localização das vítimas, procedendo-se às buscas, com equipas no sentido descendente da ribeira e outras no sentido ascendente", lê-se na nota.


As condições da orografia do terreno, a vegetação muito densa, aliadas ao facto de já ser noite dificultaram o avanço, por terra, das equipas e das vítimas tendo sido possível, no entanto, o contacto visual por volta das 3 horas da madrugada.


Perante os constrangimentos, a opção de resgate definiu-se por via aérea, com a colaboração da Força Aérea Portuguesa e o recurso a um helicóptero.


O resgate foi realizado pela tripulação de alerta que opera o helicóptero EH-101 Merlin, tendo os dois homens sido transportados em seguida para o Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada, onde já se encontrava uma ambulância dos bombeiros.


O presidente do SRPCBA, Carlos Neves,  enalteceu, citado na mesma nota “a prontidão e o verdadeiro espírito de missão com que os bombeiros voluntários assumiram o presente resgate”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.