FLAD organiza exposições em três ilhas para dar a conhecer vasta colecção de arte


 

Luisa / Ao online   Regional   14 de Out de 2007, 18:19

A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) vai realizar três exposições nas ilhas de São Miguel, Terceira e Faial para dar a conhecer as 900 obras de arte que compõem a colecção da instituição.
    À margem do encerramento do primeiro congresso internacional de imprensa não diária, na ilha de São Miguel, o administrador da FLAD, Mário Mesquita, adiantou à agência Lusa que estão a ser preparadas exposições distintas para as três ilhas, com o intuito de divulgar junto dos açorianos o vasto acervo artístico da fundação.

    "A colecção de arte da FLAD é muito vasta e quis que os açorianos também pudessem ter acesso a estas peças, que em grande parte estão armazenadas em Serralves", afirmou Mário Mesquita, anunciando que a exposição em Ponta Delgada será inaugurada em Novembro.

    Para Fevereiro de 2008 está agendada a exposição em Angra do Heroísmo e a da Horta só deverá acontecer quando terminarem as obras de construção do edifício da biblioteca pública e arquivo regional, indicou.

    Mário Mesquita referiu, ainda, que simultaneamente com a exposição do acervo artístico da FLAD no Faial irá decorrer uma mostra dos trabalhos de um artista do Porto, inspirados no arquipélago.

    "Aos Açores chegarão cerca de 40 obras de arte, entre pintura, desenho e escultura de vários artistas", salientou o administrador da FLAD, acrescentando que as três exposições foram concebidas por João Silvério em diálogo com os responsáveis pelos museus do arquipélago.

    Mário Mesquita salientou que João Silvério procurou adaptar aos espaços disponíveis e ao público destinatário as exposições programadas para a região.

    A colecção de arte da FLAD existe desde os anos 90, com predominância para o desenho, tendo sido criada por Manuel Castelo Branco, acrescentou Mário Mesquita.

    A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento foi constituída em 1985 com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento económico e social português, através da cooperação entre Portugal e os Estados Unidos nos domínios empresarial, educativo, científico, tecnológico e cultural.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.