Taça de Portugal

FC Porto volta a afastar o Sertanense

FC Porto volta a afastar o Sertanense

 

Lusa/AO Online   Futebol   17 de Out de 2009, 23:03

O FC Porto apurou-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal , após eliminar o Sertanense por 4-0, em desafio no Dragão, em que a equipa da II Divisão acabou com apenas nove atletas

Golos de Hulk (6 e 86m) e Farias (10, de penálti, e 39) materializaram o triunfo dos portistas, que jogaram com mais um atleta a partir dos 09 minutos por expulsão de Renato no lance que valeu o segundo tento, seguindo-se a exclusão de Idris, aos 74.

A supremacia dos dragões foi total e o guarda-redes Beto nem "aqueceu", perante um adversário cedo vergado ao destino, pois aos 10 minutos já perdia 2-0 e tinha menos um jogador. Hulk (6 m) abriu o marcador na cobrança perfeita de um livre a 30 metros, deixando o guarda-redes estático entre os postes.

Volvidos apenas três minutos, Renato substituiu o guarda-redes e negou, com as mãos, o golo a Farias: foi expulso e o avançado argentino converteu a respectiva grande penalidade.

Vendo o seu trabalho tão rapidamente resolvido, o FC Porto baixou o ritmo: num dos raros ataques, o Sertanense ficou a queixar-se de um derrube de Fernando a Platini na área, mas o árbitro assumiu-o como um mero "encosto". Aos 39, Rodriguez cruzou na esquerda e Farias, oportuno, antecipou-se ao guarda-redes e tocou para o fundo das redes (2-0), bisando.

O ponta-de-lança sub-19 Yero entrou na segunda parte – o seu colega Sérgio Oliveira, médio, foi o titular mais jovem de sempre a jogar pela equipa principal portista, com pouco mais de 17 anos e 137 dias – e foi responsável por algumas das várias perdidas para ampliar a vantagem.

Dias e Alex foram outros jovem que se estrearam na equipa, que continuou a jogar instalada no meio campo adversário e sentenciou a partir aos 86 em lance individual de Hulk.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.