Família do presidente do Leicester presta homenagem no local do acidente

Família do presidente do Leicester presta homenagem no local do acidente

 

Lusa/AO Online   Futebol   29 de Out de 2018, 15:46

A família do presidente do Leicester, Vichai Srivaddhanaprabha, que morreu no sábado na queda do seu helicóptero no parque de estacionamento do estádio, homenageou-o esta segunda-feira, perto do local do acidente, enquanto as mensagens de condolências se sucedem.

A viúva de Vichai Srivaddhanaprabha e o filho Aiyawatt, vice-presidente do clube inglês, depositaram uma coroa de flores no estádio King Power, onde desde domingo se têm acumulado ramos de flores, cachecóis e camisolas do clube, para homenagear a memória do bilionário tailandês e de quatro outras pessoas que estavam a bordo da aeronave.

O príncipe William, presidente honorário da federação inglesa futebol (FA), destacou, em comunicado, a “grande contribuição para o futebol” feita por Vichai Srivaddhanaprabha, um homem com “valores fortes”, que ele teve “a oportunidade de conhecer há vários anos”.

“Os meus pensamentos estão com as famílias, amigos e apoiantes afetados pelo trágico acidente que ocorreu na noite de sábado”, escreveu a primeira-ministra britânica, Theresa May ,na sua conta na rede social Twitter.

O guarda-redes dinamarquês do Leicester Kasper Schmeichel publicou também na sua conta no Instagram uma mensagem de condolências, referindo que Vichai Srivaddhanaprabha “mudou para sempre o futebol” e deu a todos “a esperança de tornar o impossível possível”.

Como de costume, Vichai Srivaddhanaprabha deixou o estádio no seu helicóptero logo após o jogo de sábado entre o Leicester e o West Ham, mas a aeronave caiu pouco tempo depois num parque de estacionamento nas imediações do recinto.

Os agentes do Gabinete Britânico de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB) disseram hoje que começaram a estudar gravações das conversas e dados do voo e o fabricante da aeronave já se disponibilizou para ajudar a determinar as causas do acidente.

Vichai Srivaddhanaprabha adquiriu o clube em 2010, quando disputava a segunda divisão, e, seis anos depois, conseguiu fazer dele o mais improvável campeão da Premier League de todos os tempos, em 2015/16.

Com 60 anos, Vichai Srivaddhanaprabha era o quinto homem mais rico da Tailândia, de acordo com a classificação da Forbes, com uma fortuna estimada em cerca de cinco mil milhões de dólares (cerca de 4,38 mil milhões de euros), por meio de seu império de ‘duty free’ King Power.

As autoridades identificaram as outras quatro vítimas do acidente como sendo Nursara Suknamai e Kaveporn Punpare, dos elementos do ‘staff’ de Vichai Srivaddhanaprabha, Eric Swaffer e Izabela Roza Lechowicz, o piloto e a sua companheira e instrutora de voo, respetivamente.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.