Executivo Regional aprova 40 novos projetos que envolvem 29 milhões de euros

Executivo Regional aprova 40 novos projetos 
que envolvem 29 milhões de euros

 

Susete Rodrigues/Gacs   Regional   7 de Nov de 2013, 07:24

As comissões de seleção do Sistema de Incentivos para o Desenvolvimento Regional (SIDER) e do programa Empreende Jovem propuseram para aprovação 40 novos projetos de investimento, que totalizam cerca de 29 milhões de euros e criam 92 novos postos de trabalho.

 

“Trata-se de um reforço do investimento privado e também de uma demonstração da dinâmica que se regista de novos investimentos, por parte da iniciativa privada”, afirmou o Vice-Presidente do Governo dos Açores, numa reação a mais este conjunto de projetos, em nota publicada esta manhã no Gacs

 

Sérgio Ávila frisou que “foi comprovado pelos dados recentemente tornados públicos, segundo os quais os Açores foram, nos últimos 12 meses, a região do país com maior ritmo de criação de novas empresas, tendo, por cada empresa que fechou, sido criadas quatro novas empresas, o que, no futuro, irá potenciar a criação de novos postos de trabalho.”

Por outro lado, o Vice-Presidente considera que muitos desses investimentos “são estruturantes para o desenvolvimento futuro da região, na criação de valor acrescentado e, particularmente, na capacitação da região como região atrativa para o desenvolvimento da atividade económica e, essencialmente, para a criação de novos empregos.”

Dos projetos agora propostos para aprovação, 10 são do Subsistema de Apoio ao Desenvolvimento Local do SIDER e relativos às áreas de comércio, restauração e serviços, perfazendo um investimento previsto de 16 milhões de euros e a criação de 10 novos postos de trabalho.

O incentivo a conceder a este conjunto de projetos é de 2,4 milhões de euros de subsídio não reembolsável e dois milhões de euros reembolsável.

No Subsistema de Apoio ao Desenvolvimento Estratégico, que se destina a apoiar projetos de relevante dimensão e importância com impacto significativo no desenvolvimento da economia regional, foram aprovadas duas candidaturas em áreas relacionadas com a saúde e a inovação, que totalizam 7,7 milhões de euros e permitirão a criação de 20 novos postos de trabalho.

O incentivo previsto conceder a estes projetos soma três milhões de euros de subsídio não reembolsável e 0,7 milhões de euros reembolsável.

Quanto ao Subsistema de Apoio à Qualidade e Inovação, foram aprovadas duas candidaturas, que representam um investimento de 260 mil euros e a que corresponde um incentivo não reembolsável de 165 mil euros, prevendo-se a criação de um novo posto de trabalho.

Quanto ao Empreende Jovem, foram aprovados mais 26 projetos, que totalizam um investimento de 4,9 milhões de euros e a criação de 61 novos postos de trabalho.

A estas candidaturas corresponde um incentivo proposto superior a 2,9 milhões de euros, a atribuir sob a forma de incentivo não reembolsável.

Em termos de repartição por ilhas, dos projetos aprovados no Empreende Jovem, oito irão ser desenvolvidos na ilha de São Miguel, sete no Pico, quatro na Terceira, dois na Graciosa, dois no Faial, dois abrangem mais do que uma ilha (Pico-Santa Maria e Faial-Pico) e um em São Jorge.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.