Estado dá garantia pessoal a empréstimo do BEI


 

Lusa / AO online   Economia   4 de Dez de 2009, 15:38

O Estado concedeu uma garantia pessoal ao empréstimo de 300 mil milhões de euros que a Estradas de Portugal vai contrair junto do Banco Europeu de Investimento (BEI), segundo um despacho publicado hoje em Diário da República.
A taxa de garantia do empréstimo é de 0,2 por cento ao ano, de acordo com o documento assinado a 20 de Novembro pelo ministro das Finanças e Administração Pública, Teixeira dos Santos, e hoje publicado.

O empréstimo que o BEI vai conceder à Estradas de Portugal (EP) destina-se, segundo aquele despacho, a financiar "parcialmente" investimentos para "a requalificação, alargamento e construção de determinados lanços da rede rodoviária nacional".

O projecto a financiar pelo BEI contém "um conjunto de intervenções de uma abrangência territorial apreciável, contribuindo decisivamente para a modernização da actual rede de estradas e para a melhoria dos seus níveis de conservação, comodidade e circulação".

A EP, Liderada por Almerindo Marques, apresentou em Agosto o pedido de financiamento que foi aprovado pelo BEI em 22 de Setembro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.