Sensibilização para preservação

Escolas vão envolver-se no "Clube do Priolito"

Escolas vão envolver-se no "Clube do Priolito"

 

Luísa Couto   Regional   22 de Out de 2007, 10:27

O Centro Ambiental do Priolo pretende estreitar a ligação com as escolas do concelho, dando a possibilidade dos alunos integrarem o “Clube do Priolito”.
Alunos das escolas do concelho do Nordeste e fora dele são agora chamadas a ter um papel mais interventivo na preservação do príolo.

Para além do trabalho que a equipa do Cento Ambiental do Priolo tem levado a cabo junto da classe docente, é agora a vez dos alunos envolverem-se no projecto, integrando, por exemplo, o “Clube do Priolito”.

A ideia é que os mais novos possam desenvolver trabalhos educativos diversos e até colaborar no projecto com actividades voluntárias.

Mas não se pense que o leque de potenciais subscritores” do “Clube do Priolito” está apenas circunstrito às escolas. O desafio está também lançado a Ateliers de Tempos Livres, agrupamentos de escuteiros, grupos de jovens ou quaisquer outras entidades que trabalhem com crianças e jovens, até porque é a população estudante da Região um dos principais destinatários das actividades desenvolvidos pelo Centro Ambiental do Priolo.

Recorde-se, a propósito, que este centro surgiu no seguimento do LIFE Priolo, o projecto de conservação do priolo e da laurissilva de São Miguel iniciado em 2003.

De acordo com os responsáveis pelo projecto o aumento do conhecimento e da consciência ambiental da população é fundamental para evitar o desaparecimento do priolo e da laurissilva, património único e valioso da Região.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.