Açoriano Oriental
ERC pede com "urgência" à administração da RTP esclarecimentos sobre nova direção

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) decidiu pedir à administração da RTP, "com urgência possível, um conjunto de esclarecimentos sobre a fundamentação apresentada no 'renovado' pedido de parecer" sobre as novas diretoras adjuntas de informação.

article.title

Foto: JOÃO RELVAS/LUSA
Autor: Lusa/AO Online

Em 21 de novembro, o Conselho Regulador da ERC deliberou não dar parecer favorável às destituições de Vítor Gonçalves e João Fernando Ramos dos cargos de diretores-adjuntos da direção de informação de televisão RTP por fundamentação insuficiente para o efeito, pelo que não se pronunciou sobre as nomeações de Helena Garrida e Cândida Pinto.

No dia seguinte, a administração da RTP informou que já tinha submetido à ERC o pedido de aprovação da equipa da direção "acompanhado da fundamentação da diretora de informação", Maria Flor Pedroso.

Esta terça-feira, o regulador dos media divulga na sua página eletrónica que o Conselho Regulador deliberou no dia 26 de novembro "solicitar ao Conselho de Administração da RTP, com a urgência possível, um conjunto de esclarecimentos sobre a fundamentação apresentada no 'renovado' pedido de Parecer remetido à ERC, relativamente às mudanças propostas para a direção de informação de televisão".


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.